Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Renato Campos

    13 de Outubro de 2020 por Renato Campos

    LeBron James trouxe o campeonato da NBA de volta ao Lakers e garantiu um lugar na história da franquia.

    LeBron James é agora quatro vezes campeão da NBA e é o primeiro jogador na história da NBA a vencer o MVP das finais com três times diferentes. O Lakers tem agora 17 canecos na sala de troféus e está preparado para mais com este grupo atual.

    A maior discussão de todos os tempos estourou após as finais da NBA, agora que LeBron está um anel mais perto de Michael Jordan e realizou o feito com três equipes diferentes. Um debate mais relevante para os fãs do Laker surgiu também - o Los Angeles Lakers vai aposentar a camisa de LeBron James?

    Depois de vencer o campeonato da NBA, essa resposta provavelmente é sim.

    A menos que o jogador peça para ser trocado, ou se aposente antes dos dois anos restantes do seu contrato com a franquia, devemos ver a camisa do jogador eternizada ao lado de Kobe, Shaq, Magic e todas as outras lendas que lá estão.

    Este campeonato é extremamente importante. Ele acontece depois da pior seca da história da franquia e sem James nada disso iria acontecer. O Lakers não teria duas superestrelas, não conseguiria Anthony Davis e não ganharia o campeonato da NBA, pelo menos ainda não.

    Brandon Ingram é um craque, com certeza, mas aquele jovem núcleo não estava em posição de ganhar um título tão cedo. Quem sabe quanto tempo duraria essa seca?

    Davis também é uma parte muito importante disso. Davis é alguém que foi criado para ser um Laker para o resto da vida. Alguém que poderia um dia mandar construir uma estátua em frente ao Staples Center. LeBron não vai chegar a esse ponto, mas vai chegar ao ponto de aposentar sua camisa.

    Poderíamos discutir durante dias se LeBron James merece ou não que seu número seja aposentado, mas realmente não importa o que pensamos pessoalmente. O que importa é que o Los Angeles Lakers já abriu o precedente do que é preciso para colocar sua camisa nos rafters do Staples Center.

    Você precisa ser um NBA Hall of Famer (cada número retirado pelo Lakers foi usado por um Hall of Famer) e na maioria dos casos (menos Elgin Baylor, que é indiscutivelmente o maior jogador de todos os tempos a nunca ganhar um campeonato da NBA) você tem que ganhar um anel.

    LeBron fez ambos. Ele tem todos os pré-requisitos e agora tudo o que ele precisa fazer é jogar em alto nível por mais dois anos, continuar fazendo do Lakers um time que luta pelo título e sua camisa será aposentada.

    DÁ UM PLAY E CONFIRA A PLAYLIST NBA FINALS 2020 - MIAMI X L.A. DO HOOP78


    Claro, se o Lakers cair de volta à mediocridade depois disso e esta tiver sido uma temporada casual, então seu número não será aposentado. Mas isso realmente pode acontecer quando você tiver LeBron James e Anthony Davis no seu time? Não.

    O precedente está aí. O número de Wilt Chamberlain é aposentado e ele passou cinco anos com a equipe e ganhou um campeonato com um MVP das finais. Ele não estava nem perto do nível em que LeBron está agora.

    Gail Goodrich também tem seu número aposentado. Ele jogou nove anos, mas foi consistentemente o terceiro melhor jogador nos primeiros times do Laker.

    Claro, havia menos história do basquete naquela época e agora temos mais para comparar LeBron, mas nenhum desses caras era o centro dessas equipes.

    Sim, há outros jogadores que mereceriam essa honra primeiro - mais notavelmente Pau Gasol. E todo torcedor do Lakers teria o direito de ficar indignado se LeBron aposentasse sua camisa e Gasol não. Gasol provavelmente será um Hall of Famer e ele ganhou dois títulos em LA como o número dois. Se Goodrich merece, Gasol merece.

    Mas antes de começar a se preocupar com o fato de Gasol ainda não ter seu número aposentado, é preciso lembrar que ele ainda não está fora da liga por tempo suficiente. O espanhol assinou com o Portland Trail Blazers nesta temporada, embora não tenha jogado. Ele receberá o devido crédito. Dê-lhe tempo.

    Fala aí!