Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Ricardo Romanelli

    08 de Fevereiro de 2018 por Ricardo Romanelli

    No que parecia ser um último dia de trocas tranquilo, o Lakers surpreendeu e enviou Jordan Clarkson e Larry Nance Jr. para o Cleveland Cavaliers, em troca de Isaiah Thomas, Channing Frye e a escolha de primeiro round do Cavs no Draft de 2018.

    Thomas havia chegado como principal reforço do Cavaliers para a temporada, mas não vinha atuando muito bem depois de perder três meses por uma lesão. Seu pai era um torcedor fanático do Lakers nos anos 80. Inclusive o atleta tem esse nome porque seu pai apostou com um amigo que, se o Lakers perdesse a final de 1989 para o Detroit Pistons, ele chamaria seu filho de Isiah Thomas, nome do principal jogador do Pistons. O atleta nasceu meses antes, mas o pai já havia gostado do nome.

    Thomas e Frye possuem contratos expirantes, então a troca coloca o Lakers em posição para oferecer dois contratos máximos na offseason.

    Isaiah Thomas estava voltando de uma lesão no quadril e seu pouco tempo em quadra não o impediu de sair de Cleveland com média de 14,7 pontos e 4,5 assistências em 15 partidas. Seu aproveitamento também caiu, sendo 36% dentro do arco e 25% da linha de três pontos. O Lakers provavelmente vai torcer e trabalhar muito pra fazer com que esse aproveitamento melhore. Thomas deverá assumir o papel de 6º homem que era de Jordan Clarkson.

    Channing Frye passa a ser um complemento interessante para o Lakers, o veterano jogador de 34 anos deve encontrar bons minutos na rotação de Luke Walton por ter características do jogo imposto pelo treinador. Frye têm médias de apenas 12,4 minutos por jogo nessa temporada.

    Com a troca, o Lakers terá espaco na folha salarial para ter dois jogadores de salário máximo na próxima temporada.

    A escolha de primeiro round também é uma boa aquisição, já que o Lakers não tinha seleção neste recrutamento. Thomas também é mais uma opção para a armação no time, que não tem reposição quando Lonzo Ball está fora.

    Isaiah Thomas teve a melhor temporada da carreira no ano passado, quando liderou o Boston Celtics até a Final do Leste. Ele foi All-Star e quinto colocado na votação para MVP. Chegou ao Cavs na troca que levou Kyrie Irving ao time de Boston.

    Segundo o repórter Marc Stein, o Lakers não tem intenção de fazer buyout com nenhum dos dois atletas, que serão incorporados na rotação para o restante do campeonato.

    Confira as 10 melhores jogadas de Isaiah Thomas na carreira

    Fala aí!