Espalhe!
  • Bate Papo 0
    Ricardo Romanelli

    21 de Junho de 2019 por Ricardo Romanelli

    O Lakers entrou no Draft da NBA, realizado ontem à noite em New York, sem nenhuma escolha no recrutamento. Entretanto, um negócio onde o Orlando Magic cedeu a escolha número 46 em troca de uma escolha de segundo round em 2020 e uma quantia em dinheiro, permitiu ao time selecionar um calouro, e o escolhido foi Talen Horton-Tucker, da Universidade de Iowa State. 

    Aos 18 anos, "THT" para os íntimos, é jogador mais jovem da classe. Com 1,94m de altura, ele se destaca pela envergadura de 2,16m, uma ferramenta física que pode lhe permitir ser um bom defensor na NBA. Relatórios de olheiros antes do Draft também elogiam seu controle de bola, importante aspecto para quem joga no perímetro, e também sua força e habilidade de pontuar após contato. 

    Como pontos fracos, precisa trabalhar em sua capacidade de arremessos. Acertou apenas 40% dos arremessos de quadra em sua única temporada na NCAA, com 30% nas bolas de três. Sua capacidade de tomar decisões também é um ponto que preocupa os olheiros, mas que deve amadurecer com a idade. No geral, ele registrou 11,8 pontos e 4,9 rebotes de média pelo Iowa State Cyclones.

    O atleta é representado pela Klutch Sports, de Rich Paul, mesma agência de LeBron James e Anthony Davis. Para o Lakers, adquirir uma escolha de segundo round no Draft era importante por um aspecto financeiro. O time agora tem 30 dias para assinar contrato com o selecionado, e neste período ele não vai ocupar espaço na folha salarial da equipe. É uma maneira barata de ajudar na composição do elenco, prioridade do time após a troca por Anthony Davis. 

    Fala aí!