Espalhe!
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp
  • Bate Papo 0
    Raphael Philipe

    22 de Janeiro de 2024 postado por Raphael Philipe

    nba_lebron_james_e_kyrie_irving_juntos_novamente

    Com as coisas acontecendo de forma menos do que o ideal para o Lakers nesta temporada, é fácil olhar para trás na offseason e se perguntar se o Lakers tomou a abordagem errada. Na época, ninguém duvidava que manter a continuidade e trazer a maior parte de seu elenco de volta era, no pior dos casos, uma boa decisão.

    Dada a vantagem da retrospectiva, o Lakers deveria ter seguido um caminho diferente? Um report recente apresenta o que poderia ter sido um caminho diferente.

    LeBron e Kyrie queriam se reunir

    A aparição de Kyrie Irving no Jogo 6 dos playoffs da temporada passada entre Lakers e Grizzlies não parecia uma coincidência na época. No final, o Lakers venceu o jogo, fez uma corrida nos playoffs e não se pensou muito em Kyrie na agência livre.

    Mas uma história recente de Ramona Shelburne da ESPN revelou que a presença de Kyrie foi muito deliberada.

    "Irving mora em Los Angeles na offseason, e ele tinha uma agenda aberta depois que o Dallas Mavericks não conseguiu chegar aos playoffs. Mas ele também estava prestes a se tornar um agente livre, e segundo fontes próximas a ele, Irving tinha um forte interesse em se reunir com James — com quem ele ganhou um campeonato da NBA como Cavaliers em 2016 — seja em Los Angeles ou Dallas."

    Devido ao bom desempenho do Lakers nos playoffs e ao desejo de continuidade, não houve muita resistência à renovação da maior parte do seu núcleo. Mesmo LeBron James, apesar de desejar se juntar a Kyrie, permaneceu em silêncio, embora isso possa ter sido baseado em erros do passado.

    "James estava aberto à ideias, segundo fontes, mas teve cuidado para não fazer nada que fosse visto como um empurrão enquanto a organização ainda estava tentando se desvencilhar do experimento malsucedido com Russell Westbrook."

    Era difícil argumentar contra manter o mesmo elenco e a favor de uma mudança radical para trazer Kyrie. Basicamente, todos os argumentos legítimos para fazê-lo são feitos inteiramente com base na retrospectiva. Mas é interessante, se não surpreendente, que LeBron e Kyrie tenham desejado se reunir.

    Fala aí!